10/03/2012

Sistema Solar


Sistema Solar é constituído pelo Sol e por um conjunto de objetos astronômicos que se ligam ao Sol através da gravidade. Acredita-se que esses corpos tenham sido formados por meio de um colapso de uma nuvem molecular gigante há 4,6 bilhões de anos atrás. Entre os muitos corpos que orbitam ao redor do Sol, a maior parte da massa está contida dentro de oito planetas relativamente solitários,[e] cujasórbitas são quase circulares e se encontram dentro de um disco quase plano, denominado plano da eclíptica. Os quatro menores planetas (MercúrioVênusTerra e Marte) são conhecidos como planetas telúricos ou sólidos, encontram-se mais próximos do Sol e são compostos principalmente de metais e rochas. Os quatro maiores planetas (JúpiterSaturnoUrano e Netuno) encontram-se mais distantes do Sol e concentram mais massa do que os planetas telúricos, sendo também chamados de planetas gasosos. Os dois maiores, Júpiter e Saturno, são compostos em sua maior parte de hidrogênio e hélio. Urano e Netuno, conhecidos também como "planetas ultraperiféricos", são cobertos de gelo, sendo às vezes referidos como "gigantes de gelo", apresentando também em sua composição águaamônia e metano.
O Sistema Solar também é o lar de outras duas regiões povoadas por objetos menores. O cinturão de asteroides está situado entre Marte e Júpiter e sua composição se assemelha à dos planetas sólidos. Além da órbita de Netuno, encontram-se os "objetos transnetunianos", com uma composição semelhante a dos planetas gasosos. Dentro destas duas regiões, existem outros cinco corpos individuais. São eles:CeresPlutãoHaumeaMakemake e Éris, denominados de planetas anões.[e] Além de milhares de corpos pequenos nestas duas regiões, várias outras populações de pequenos corpos que viajam livremente entre as regiões, como cometascentauros.
vento solar, fluxo de plasma do Sol, é responsável por criar uma bolha no meio interestelar conhecida como heliosfera, que se estende até a borda do disco disperso. A hipotética nuvem de Oort, que atua como fonte de cometas durante um longo período, pode estar a uma distância de aproximadamente dez mil vezes maior do que a heliosfera.
Seis dos planetas e três planetas anões são orbitados por satélites naturais,[b] normalmente conhecidos como "luas", depois da Lua da Terra. Os planetas gasosos são cercados por anéis planetários compostos de poeira e outras partículas.

A Condenação de sócrates


Dado a ele a chance de se defender destas acusações, Sócrates mostra toda a sua capacidade de pensamento.
Em sua defesa, ele mostra que as acusações eram contraditórias, questionando: Como posso não acreditar nos deuses e ao mesmo tempo me unir a eles?.
Mesmo assim, o tribunal, constituído por 501 cidadãos, o condenou. Mas não a morte, pois sabiam que se o condenassem à morte, milhares de jovens iriam se revoltar. Condenaram-no a se exilar para sempre, ou a lhe ser cortada a língua, impossibilitando-o assim de ensinar aos demais. Caso se negasse, ele seria morto.[23]
Após receber sua sentença, Sócrates proferiu: - Vocês me deixam a escolha entre duas coisas: uma que eu sei ser horrível, que é viver sem poder passar meus conhecimentos a diante. A outra, que eu não conheço, que é a morte ... escolho pois o desconhecido!

O Julgamento de sócrates


Tão logo as idéias de Sócrates foram se espalhando pela cidade, ele angariava mais e mais discípulos.
Assim, os antigos professores foram ficando irados. Pensavam eles: Como um homem poderia ensinar de graça e pregar que não se precisavam de professores como eles?. E mais: Eles não concordavam com os pensamentos de Sócrates, que dizia que para se acreditar em algo, era preciso verificar se aquilo realmente era verdade.
Logo Sócrates começou a colecionar muitos inimigos.
Mas eis que a guerra do Peloponeso estourou, todos os homens entre 15 e 45 anos de idade foram enviados para lutar. Sócrates, pela sua habilidade de fazer as pessoas o seguirem, foi escolhido então como um dos generais.
Ao final da guerra, com a intenção de salvar os poucos soldados que estavam vivos, Sócrates ordena que todos voltem rapidamente para Atenas, mas deixam os mortos no campo de batalha - contrariando uma lei que obrigava o general a enterrar todos os seus soldados mortos, ou morrer tentando. Assim, ao chegar, ele é preso.
Usando toda a sua capacidade de persuasão, Sócrates consegue convencer a todos de que era melhor deixar alguns mortos do que morrerem todos, uma vez que se todos morressem, ninguém poderia enterrá-los. Desta forma ele consegue a liberdade.
Ficou livre por mais 30 anos, quando foi preso novamente, acusado de 3 crimes:
1- Não acreditar nos costumes e nos deuses gregos;
2- Unir-se a deuses malignos que gostam de destruir as cidades;
3- Corromper jovens com suas idéias;
Os acusadores foram: ÂnitoMeleto e Lícon.
  • Ânito - era um líder democrático. Tinha um filho discípulo de Sócrates que ria dos deuses do pai e voltava-se contra eles. Representava a classe dos políticos. Era um rico tanoeiro que representava os interesses dos comerciantes e industriais, era poderoso e influente.
  • Meleto - era um poeta trágico novo e desconhecido. Foi o acusador oficial, porém nada exigia que ele como acusador oficial fosse o mais respeitável, hábil ou temível, mas somente aquele que assinava a acusação. Representava a classe dos poetas e adivinhos.
  • Lícon - Pouco se sabe de Lícon. Era um retórico obscuro e o seu nome teve pouca importância e autoridade no decorrer da condenação de Sócrates. Representava a classe dos oradores e professores de retórica. Talvez Lícon pretendesse a condenação de Sócrates, devido ao seu filho ter-se deixado corromper moralmente, filosoficamente e sexualmente por Callias, e Callias era um associado de Sócrates.
Estas 3 acusações foram assim proferidas por Meleto:
"...Sócrates é culpado do crime de não reconhecer os deuses reconhecidos pelo Estado e de introduzir divindades novas; ele é ainda culpado de corromper a juventude. Castigo pedido: a morte"[21]

O Trabalho de sócrates

Não se sabe ao certo qual o trabalho de Sócrates, se é que ele teve outro além da Filosofia. De acordo com algumas fontes, Sócrates aprendeu a profissão de oleiro com seu pai. Na obra de Xenofonte, Sócrates aparece declarando que se dedicava àquilo que ele considerava a arte ou ocupação mais importante: maiêutica, o parto das idéias. A maiêutica socrática funcionava a partir de dois momentos essenciais: um primeiro em que Sócrates levava os seus interlocutores a pôr em causa as suas próprias concepções e teorias acerca de algum assunto; e um segundo momento em que conduzia os interlocutores a uma nova perspectiva acerca do tema em abordagem. Daí que a maiêutica consistisse num autêntico parto de ideias, pois, mediante o questionamento dos seus interlocutores, Sócrates levava-os a colocar em causa os seus "preconceitos" acerca de determinado assunto, conduzindo-os a novas ideias acerca do tema em discussão, reconhecendo assim a sua ignorância e gerando novas ideias, mais próximas da verdade.

Sócrates defendia que deve-se sempre dar mais ênfase à procura do que se não sabe, do que transmitir o que se julga saber, privilegiando a investigação permanente.
Sócrates tinha o hábito de debater e dialogar com as pessoas de sua cidade. Ao contrário de seus predecessores, ele não fundou uma escola, preferindo também realizar seu trabalho em locais públicos (principalmente nas praças públicas e ginásios), agindo de forma descontraída e descompromissada, dialogando com todas as pessoas, o que fascinava jovens, mulheres e políticos de sua época.
Platão afirma que Sócrates não recebia pagamento por suas aulas. Sua pobreza era prova de que não era um sofista.
Várias fontes, inclusive os diálogos de Platão, mencionam que Sócrates tinha servido ao exército em várias batalhas. Na Apologia, Sócrates compara seu período no serviço militar a seus problemas no tribunal, e diz que qualquer pessoa no júri que imagine que ele deveria se retirar da filosofia deveria também imaginar que os soldados devessem bater em retirada quando era provável que pudessem morrer em uma batalha.


Biografia


Detalhes sobre a vida de Sócrates derivam de três fontes contemporâneas: os diálogos de Platão, as peças de Aristófanes e os diálogos de Xenofonte. Não há evidência de que Sócrates tenha ele mesmo publicado alguma obra. Alguns autores defendem que ele não deixou nada escrito pois, além de na sua época a transmissão do saber ser feita, essencialmente, pela via oral, Sócrates assumia-se como alguém que sabe que nada sabe. Assim, para ele, a escrita fecharia o conhecimento, deixando-o de forma acabada, amarrando o seu autor ao estrito contexto de afirmações inamovíveis: se essas afirmações contemplam o erro, a escrita não só o perpetua como garante a sua transmissão.[7]
As obras de Aristófanes retratam Sócrates como um personagem cômico e sua representação não deve ser levada ao pé da letra.[8]

Sócrates


Sócrates [em grego antigo: Σωκράτης, transl. Sōkrátēs] (* Atenas469 a.C. – † Atenas399 a.C.[1]), foi um filósofo ateniense, e um dos mais importantes ícones da tradição filosófica ocidental[2]. É considerado por muitos filósofos como o modelo de filósofo. Não a toa, foi o professor do Platão, um dos mais influentes filósofos da atualidade.[3]
Pouco se sabe ao certo sobre sua vida. As fontes mais importantes de informações sobre Sócrates são fornecidas por Platão (alguns historiadores afirmam só poder falar de Sócrates como um personagem de Platão por nunca ter deixado nada escrito de sua própria autoria)[4] e Xenofonte, que o exaltam, e por Aristófanes, que o combate e o satiriza.[5] Os diálogos de Platão retratam Sócrates como mestre que se recusa a ter discípulos, e um homem piedoso que foi executado por impiedade.[6] Sócrates não valorizava os prazeres dos sentidos, todavia se escalava o belo entre as maiores virtudes, junto ao bom e ao justo. Dedicava-se ao parto das idéias (Maiêutica) dos cidadãos de Atenas, mas era indiferente em relação a seus próprios filhos.
A razão para sua cooperação com a justiça da pólis e com seus próprios valores mostra uma valiosa faceta de sua filosofia, em especial aquela que é descrita nos diálogos com Críton.

07/03/2012

2012 mito ou verdade?


À medida que as estruturas e sistemas humanos começam a falhar e a vida no Planeta se torna cada vez difícil de ser vivida, faz-se necessário refletir sobre o que o futuro nos reserva. Nosso objetivo é pesquisar as transformações sem precedentes que já estão ocorrendo no Planeta e correlacionar estas profundas mudanças com a consciência humana. Desta forma este site se torna uma eficaz ferramenta para que os internautas se preparem fisicamente, psicologicamente e até espiritualmente para mudanças radicais no modo de vida humano. Não acreditamos em eventos que ocorrerão numa única data, mas num processo que já vem ocorrendo há décadas e que está chegando num clímax. Isso poderá ocorrer antes ou depois da data 21/12/2012. Neste site você terá alguma ideia das transformações que já estão ocorrendo no mundo em nível físico, social, psicológico e ambiental, e como isso poderá, em breve, mudar para sempre a vida de todos nós.

Quando um bloco de massa m1 é empurrado por uma força de determinado valor, ele?

Quando um bloco de massa m1 é empurrado por uma força de determinado valor, ele se movimenta sobre um piso sem atrito com aceleração de 12 m/s². Quando um outro bloco de massa m é empurrado m2 com uma força de mesmo módulo, sua aceleração é de 3 m/s². (Ambas as forças são aplicadas horizontalmente) (a) Qual é a aceleração que essa força produzirá em um bloco cuja massa é igual a m2 – m1 ? A força continua sendo aplicada horizontalmente. (b) Qual é a aceleração que essa força produzirá em um bloco cuja massa seja igual a m2 + m1 .[Tipler,39p117]{R: (a) a = 4 m/s²; (b) a = 2,40 m/s²}
andré

Porque a tampa de uma panela em que cozinhamos os alimentos fica cheias de gotinhas de água ?

Porque a água que está junto com os alimentos ferve e passa para o estado gasoso, escapando para o ar sob a forma de vapor d'água. Porém uma pequena parte desse vapor se condensa na tampa da panela, porque esta é ligeiramente mais fria por estar mais longe do fogo, e essa condensação dá origem às gotinhas de água.
Um abraço e fique bem,
André

Pode-se definir conhecimento científico como:?

Pode-se definir conhecimento científico como:
Forma sistemática, metódica e crítica de desvelar o mundo, compreendê-lo, explicá-lo e dominá-lo.
Forma mais usual que o homem utiliza para interpretar a si mesmo, o seu mundo e o universo.
Racionalidade intuitiva desenvolvida através da dialética.
Forma religiosa de explicar a existência da natureza e da humanidade.

Como saber se estou com tenia

Teníase é uma doença causada pela tênia (Taenia solium e Taenia saginata), encontrada em forma adulta no intestino delgado do homem. 

A tênia, popularmente conhecida como “solitária”, é transmitida pela ingestão de carnes bovinas ou suínas mal cozidas. Tem o corpo formado por anéis, pode atingir de dois a três metros de comprimento, seus ovos são eliminados pelas fezes. A água e o solo, uma vez contaminados pelas fezes, são ingeridos pelos animais que passam a transmitir o verme. 

A teníase pode ocasionar obstrução do apêndice, colédoco e canal do pâncreas. 

Os sintomas da doença são: perda de peso, dores abdominais, falta de apetite, fraqueza, irritabilidade, diarréia, insônia. 

O exame de fezes determina a presença de ovos e parasitas de Taenia solium e Taenia saginata. 

No tratamento da teníase são utilizados medicamentos orais, como a niclosamida. 

Algumas medidas básicas de higiene podem ser tomadas, como forma de prevenção da doença, tais como: lavar as mãos antes das refeições, após ir ao banheiro, cozinhar bem a carne bovina ou suína, lavar bem as frutas, as verduras e os legumes.

Uma das complicações da teníase é a cisticercose, auto-infecção por ovos de tênias. Esta é adquirida através dos ovos da Taenia solium, provenientes de carne de porco, verduras e legumes mal lavados ou higiene inadequada. Pessoas contaminadas apenas com tênias (Taenia solium), podem se infectar também ingerindo ovos de seus vermes através das mãos contaminadas, enquanto se secam ou coçam a região anal. A cisticercose pode causar problemas visuais e neurológicos.

Qual a probabilidade de uma criança nascer albina, canhota e desenvolver miopia?

sabendo-se que os pais têm pigmentação normal, visão normal e são destros,porém heterozigotos para cada uma dessas características?Considere que essas três carasterísticas obedecem á primeira lei de Mendel

Quais são os paises mais industrializados da europa e as suas principais industrias ?

Em IDH (o qual leva em consideração o PIB per capita, o que, por não haver lá aquelas coisas de recursos naturais como petróleo ou diamantes no leste europeu, reflete diretamente da industrialização do país):
1° Eslovênia (27° do mundo);
2° República Checa (30° do mundo);
3° Hungria (35° do mundo);
4° Polônia (37° do mundo);
5° Estônia (40° do mundo).

Já em PIB de 2006, estão assim classificadas as nações da Europa oriental:

1ª Rússia (11ª no ranking);
2ª Polônia (24ª no ranking);
3ª República Checa (41ª no ranking mundial);
4ª Romênia (46ª do mundo);
5ª Hungria (50ª do mundo).

Curiosidades:
- Apenas parte da Rússia encontra-se na Europa Oriental, o restante do maior país do mundo está na Ásia maior;
- A Romênia e a Polônia são países, assim como o Brasil, com um dos maiores índices de horas gastas por pessoa na internet;
- A Lituânia, a Romênia e a Bulgária são respectivamente os 3°, 4° e 5° países com as melhores conexões à internet do planeta, superados apenas por Japão (em primeiro) e Suécia, a qual está na Europa setentrional.

O metabolismo das proteinas, no interior de nossas células, pode resultar na produção de ATP?


O metabolismo é normalmente dividido em dois grupos: anabolismo e catabolismo. Reacções anabólicas, ou reacções de síntese, são reacções químicas que produzem nova matéria orgânica nos seres vivos. Sintetizam-se novos compostos (moléculas mais complexas) a partir de moléculas simples (com consumo de ATP). Reacções catabólicas, ou reacções de decomposição/degradação, são reacções químicas que produzem grandes quantidades de energia livre (sob a forma de ATP) a partir da decomposição ou degradação de moléculas mais complexas (matéria orgânica). Quando o catabolismo supera em atividade o anabolismo, o organismo perde peso, o que acontece em períodos de jejum ou doença; mas se o anabolismo superar o catabolismo, o organismo cresce ou ganha peso. Se ambos os processos estão em equilíbrio, o organismo encontra-se em equilíbrio dinâmico ou homeostase.

Como ocorre a produção de ATP ?

Para realizar quase todas as tarefas que nosso corpo necessita para a nossa sobrevivência (funções biológicas), ou para que possa realizar uma ação do nosso comando (movimentos e exercícios), é necessário um gasto de energia para que isto aconteça. Esta energia é proveniente de uma molécula chamada ATP (adenosina trifosfato – uma molécula universal condutora de alta energia, fabricada em todas as células vivas como um modo de capturar e armazenar energia. Consiste de base púrica adenina e do açúcar de cinco carbonos ribose, aos quais são adicionados, em arranja linear, três moléculas de fosfato). À medida que o corpo vai realizando suas funções, o ATP é degradado e, conseqüentemente, posteriormente, é restaurado por outra fonte energética que pode ser proveniente da fosfocreatina (uma outra molécula geradora de energia), das gorduras, dos carboidratos ou das proteínas. 


No metabolismo anaeróbico láctico, o lactato é o produto final da degradação da molécula de glicose (açúcar) utilizada para a produção de energia (ATP). Isso ocorre porque não há oxigênio (O2) suficiente para que ocorra o sistema de metabolismo aeróbico.

Ataques de 11 de setembro de 2001


Os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, chamados também de atentados de 11 de setembro de 2001, foram uma série de ataques suicidascoordenados pela Al-Qaeda aos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001. Na manhã daquele dia, 19 terroristas da Al-Qaeda sequestraram quatro aviões comerciais a jato de passageiros.[1][2] Os sequestradores intencionalmente bateram dois dos aviões contra as Torres Gêmeas do World Trade Center em Nova Iorque, matando todos a bordo e muitos dos que trabalhavam nos edifícios. Ambos os prédios desmoronaram em duas horas, destruindo construções vizinhas e causando outros danos. O terceiro avião de passageiros caiu contra o Pentágono, em ArlingtonVirgínia, nos arredores de Washington, D.C. O quarto avião caiu em um campo próximo de Shanksville, na Pensilvânia, depois que alguns de seus passageiros e tripulantes tentaram retomar o controle do avião, que os sequestradores tinham reencaminhado para Washington, D.C. Não houve sobreviventes em qualquer um dos voos.
O total de mortos nos ataques foi de 2.996 pessoas, incluindo os 19 sequestradores.[3] A esmagadora maioria das vítimas era civil, incluindo cidadãos de mais de 70 países.[4] Além disso, há pelo menos um óbito secundário - uma pessoa foi descartada da contagem por um médico legista, pois teria morrido por doença pulmonar devido à exposição à poeira do colapso do World Trade Center.[5]
Os Estados Unidos responderam aos ataques com o lançamento da Guerra ao Terror: o país invadiu o Afeganistão para derrubar o Taliban, que abrigou os terroristas da Al-Qaeda (ver: Guerra do Afeganistão). Os Estados Unidos também aprovaram o USA PATRIOT Act. Muitos outros países também reforçaram a sua legislação antiterrorismo e ampliaram os poderes de aplicação da lei. Algumas bolsas de valores estadunidenses ficaram fechadas no resto da semana seguinte ao ataque e registraram enormes prejuízos ao reabrir, especialmente nas indústrias aérea e de seguro. O desaparecimento de bilhões de dólares em escritórios destruídos causaram sérios danos à economia de Lower ManhattanNova Iorque.
Os danos no Pentágono foram reparados em um ano, e o Memorial do Pentágono foi construído ao lado do prédio. O processo de reconstrução foi iniciado nolocal do World Trade Center. Em 2006, uma nova torre de escritórios foi concluída no local, a 7 World Trade Center. A torre 1 World Trade Center está em construção no local e, com 541 metros de altura após sua conclusão, em 2013, se tornará um dos edifícios mais altos da América do Norte. Mais três torres foram inicialmente previstas para serem construídas entre 2007 e 2012 no local das antigas Torres Gêmeas. O Memorial Nacional do Voo 93 começou a ser construído 8 de novembro de 2009 e a primeira fase de construção foi concluída no 10º aniversário dos atentados de 11 de setembro, em 2011

Quimiossíntese


quimiossíntese é a produção de matéria orgânica através da oxidação de substâncias minerais, sem recorrer à luz solar.[1]
A quimiossíntese divide-se em duas etapas:
  1. A formação do NADPH e de ATP, usando a energia fornecida por determinadas reações químicas de oxirredução que ocorrem no meio;
  2. A segunda fase é igual à fase escura da fotossíntese: redução de dióxido de carbono, o que conduz à síntese de substâncias orgânicas.
A quimiossíntese é realizada principalmente por bactérias, entre as quais as ferrobactérias, as sulfobactérias e as nitrobactérias. Cada uma dessas bactérias utiliza a energia de um mineral que oxida, compostos respectivamente de ferroenxofre e nitrogénio.
Comparada à fotossíntese, a taxa da quimiossíntese apresenta uma fração minúscula de produção, mas é muito importante para o ciclo do nitrogênio, onde este elemento é fixado no solo ou nas plantas.
As bactérias nitrificantes são geralmente encontradas livremente no solo ou associadas a plantas, formando nódulos radiculares. A biofixação se inicia com a assimilação no nitrogênio atmosférico, transformando-o em amônia, reagente oxidado pela Nitrossomonas, resultando em nitrito e energia para a produção de substâncias orgânicas sustentáveis a esse gênero de bactérias. O nitrito liberado no solo e absorvido pela nitrobactéria também passa por oxidação, gerando energia química (destinada à produção de substâncias orgânicas) e nitrato (NO3-) (aproveitado pelas plantas na elaboração dos aminoácidos).